Artigo

Portugueses são recetivos ao Direct Mail

Os consumidores revelam como são influenciados e o que gostam de receber.

O Direct Mail é para os consumidores portugueses uma importante forma de receberem conteúdos publicitários que lhes interessam. As promoções, os catálogos ou informações de produtos são os conteúdos que mais se destacam. São dados interessantes que podem ajudar as marcas a construírem campanhas que vão ao encontro das preferências de quem as recebe.

Nos últimos anos, eventualmente sob a influência da própria conjetura económica portuguesa, os consumidores foram-se habituando a comprar os seus bens e serviços com promoção. As empresas de retalho em Portugal, em particular os hipermercados e supermercados, adotaram estratégias de comunicação muito agressivas assentes na competição dos preços com os seus principais concorrentes. Apostaram também nos programas de fidelização com acesso a promoções muito interessantes e mais ou menos exclusivas. Neste sentido, as empresas têm vindo a apostar no Direct Mail para comunicar as suas campanhas promocionais, além de utilizarem este meio para o lançamento de novos produtos.

Estes factos são revelados quando se avalia a reação dos portugueses. Um estudo realizado aos consumidores residentes em Portugal, pela Consulmark, revela que que cerca de 3/4 dos entrevistados afirma receber promoções através do correio endereçado. O envio de catálogos e a divulgação de novos produtos ou serviços são outros conteúdos que estes mais reconhecem receber através deste meio publicitário, cerca de 36% e 23% respetivamente.

Esta estratégia de comunicação vai ao encontro da preferência dos portugueses, tendo em conta que os descontos especiais (50%) e vouchers (34%) são os “técnicas ideais” que estes identificam como influenciadores através do Direct Mail. A criatividade e a originalidade não devem ser desvalorizados, assim como a utilidade da “comunicação” enviada, pois são fatores que influenciam de uma forma muito positiva o sucesso de uma campanha.

Este meio publicitário tem uma aceitação muito positiva, 56% dos consumidores revelam ser recetivos a receber Direct Mail de qualquer marca, e é a marca Continente a mais reconhecida neste meio. Também se destaca que 78% dos consumidores valorizam o correio endereçado que preenche os requisitos ecológicos de proteção ao ambiente.

Ficha técnica: Estudo quantitativo, inquirição telefónica, Dezembro 2015; universo: indivíduos de ambos os sexos, com 18 anos ou mais, residentes em Portugal, amostra: 1.031 indivíduos, intervalo de confiança: 95%. Consulmark para CTT Sociedade Aberta SA.