Artigo

A utilização conjunta de meios offline e online é vantajosa?

Não devemos assumir o pressuposto que um meio permite atingir melhores resultados do que outro, e muito menos que a combinação offline com online não resulta. Aliás, em algumas situações é o próprio offline que contribui para o sucesso da adesão online.

No passado recente, as grandes empresas ambicionavam economizar custos com fornecedores, parceiros e revendedores através do uso crescente dos meios online. No entanto, essa realidade não se tornou assim tão evidente.

Como exemplo, apresenta-se o Case de uma campanha integrada de marketing online e offline, que demonstra como a integração pode ser geradora de mais resultados.

A Clareon, uma empresa responsável por um sistema de pagamento eletrónico, comprometeu-se a ajudar os seus clientes, Fleet e Fairchild, a convencer os seus vendedores, parceiros e revendedores a usarem a aplicação online.

    1. Campanha

Thomas Nightingale, Diretor de Marketing Direto da Clareon (empresa norte-americana que fornece soluções de pagamento eletrónicas), começou por usar a combinação de Direct Mail e telemarketing. Tal método teve um resultado satisfatório, no entanto havia a necessidade de um maior impacto. Deste modo, Thomas decidiu adicionar o E-mail à combinação da campanha.

Devido aos bons resultados desta combinação, a Clareon criou uma campanha que consistia em quatro fases para os vendedores dos seus clientes.

Fase #1: Direct Mail

Nesta fase a Clareon envia um Direct Mail package para todos os vendedores que o cliente queira inserir no programa. O emissor do Direct Mail aparece com o nome e logo do cliente, como também uma carta assinada pelo CEO do cliente e um folheto sobre o novo sistema de pagamento.

O Direct Mail encaminhava os vendedores para o acesso ao sistema de pagamentos num website construído pela Clareon em nome do cliente.

Fase #2: Comunicação por E-mail

Uma semana depois do envio do Direct Mail, Clareon enviou um E-mail para todos os vendedores cujos endereços estavam na posse do cliente. Para que o recetor do E-mail não apagasse o E-mail sem o abrir, o subject do E-mail tinha o nome do recetor e uma frase apelativa.

Depois de listar os quatro benefícios-chave ao aderir a este novo programa, o E-mail pedia ao recetor para clicar numa breve demo ou dirigi-lo ao website para obter mais informação.

Fase #3: Telemarketing follow up

Uns dias depois da receção do E-mail, a equipa de telemarketing da Clareon iniciou o contacto telefónico para os vendedores de modo a dar o follow-up relativamente ao sistema de pagamentos.

Fase #4: : E-mail ou Direct Mail Follow up

Por ultimo, Clareon enviou um Direct Mail ou um E-mail de modo a responder a questões específicas dos vendedores ou ajudá-los no processo de adesão ao novo programa.

    2. Resultados

Ao adicionar o E-mail à combinação de marketing aumentou em média cerca de 27% a taxa de adesões à Clareon. Por outro lado, reduziu em cerca de 18% o tempo que o vendedor demorava a aderir ao programa.

A campanha foi tão bem-sucedida que no caso da Fairchild, a Clareon demorou apenas 11 semanas para atingir o objetivo anual de novas adesões de 50% dos vendedores da Fairchild ao novo programa.

Thomas afirma que a campanha foi muito bem-sucedida e que atingiu taxas de 60% a 80% de novas adesões, dependendo do reconhecimento da marca do cliente.

Estes dados destacam a importância da correta combinação entre a publicidade através de meios físicos e digitais, o que contribui para aumentar o impacto da comunicação junto dos targets.

Fonte: Marketing sherpa